ENTRE A CURA E O CAOS

SÁBADO, 05 DE JUNHO DE 2021


Hoje, podemos dizer que não se trata dos dias mais fáceis do mês de Junho.

Aspectos que já estavam em andamento durante a semana, se encontram em exatidão e ainda reverberam por mais dias.


O único aspecto harmônico que a Lua faz hoje é com Mercúrio, quase um pedido de socorro para os ânimos aflorados no meio de tantos pensamentos, mensagens e diaólgos confusos.

Mercúrio e Netuno estão em exatidão e a disseminação de fake news flui como nunca. Contamos também com a confusão nos processos mentais, nos diálogos, caminhos e compras.

Sugiro que procurem se manter ocupados com atividade lúdicas, leves, músicas clássicas, leituras de contos, filmes que envolvam fantasias e com boas mensagens. Além de ter atenção redobrada com senhas, documentos e assinaturas. Caso precise fechar um negócio ou tomar uma decisão muito importante, consulte um advogado e claro, leia as entrelinhas.



A forte tensão entre Marte e Plutão foi se estreitando durante os dias que passaram, até se encontrar perfeitamente hoje. Começando por Plutão, dedico algumas palavras exclusivas para esse planeta.


Plutão rege as forças inconscientes, ocultas, submersas, obscuras, regenerativas, destrutivas, morte e cura. Tudo depende da oitava que ele se encontra.

Ele penetra a mente, emoção, matéria, rochas, terra....uma manancial inesgotável de força, que normalmente age no silêncio e nas sombras.

Plutão é um planeta super lento, sua órbita é de 248 anos, por onde ele passa no mapa fica por anos e anos, remoendo, descontraindo, construindo e nos fazendo entender do tamanho do nosso poder. Não é a ruptura rebelde de Urano, é o processo lento, diário, tijolo por tijolo.


Hoje, ele está com Marte, que também está com a Lua, que também está com Plutão.

A energia do dia é: uma bomba prestes a explodir.

Assuntos e traumas são revisitados, intrigas, discussões, disputas de poder e agressões, são temas que pipocam, no macro e no microcosmos. No mundo e nos lares. Dentro de nós e nos grupos. Na natureza, visível ou não. Coisas desabam, implodem e ressurgem.

Intolerância com pitadas de covardia de pessoas poderosas também é um marco de todos esses aspectos.


Tenham muita paciência e sabedoria nas palavras. Acolham as emoções que surgirem como uma mãe que acolhe um filho e pensem muitas vezes antes de reagir a uma provocação.

Práticas de meditação, atividade física (com muita cautela para não lesionar), exercício de respiração, orações e boas doses de resiliência serão fundamentais.

O aspecto tenso gera uma energia forte e potente, mas ela ainda pode ser direcionada de maneira benéfica, por meio de entendimento de algumas angústias, utilizando esse poder a favor da cura e transformação.


"As pessoas farão de tudo, chegando aos limites do absurdo para evitar enfrentar a sua própria alma.

Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tonar consciente a escuridão." C.jung


Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz