EXALTANDO O AMOR

TERÇA-FEIRA, 05 DE ABRIL DE 2022


Mutáveis

Mutáveis são signos de transição.

Equivalem aos meses onde temos os fim das estações e transitando para o início de uma nova.

Neles percebemos a adaptação que se manifestam nas saídas que encontramos, nos movimentos que fazemos, nas mudanças de ideias, nas trocas.

Hoje temos dois movimentos de mudança no céu, a Lua ingressa em Gêmeos e a Vênus ingressa em Peixes.

Gêmeos com a mutabilidade pela força do elemento ar, e Peixes com a força da água.

A permanência da Lua em Gêmeos é rápida, dois dias. Já da nossa querida Vênus em Peixes não.


A Vênus em Peixes, agora fará parte da dupla que por lá se encontra, Júpiter e Netuno.

O signo de Peixes com a sua incrível sensibilidade, enaltece e exalta a Vênus, que por lá, se manifesta com a sua mais espontânea vontade.

Digamos que o planeta dos afetos, valores e desejos, tenha passado por difíceis caminhadas até chegar em Peixes, e agora é como se ela se embebedasse das doses desse signo, para então, amortecer as dores e exaltar a empatia.

É uma janela que se abre em meio a amargura e dificuldades.

Tendo a atenção com a idealização dos amores, dos projetos e expectativas, mas entendendo que existe um canal de fluência.

Vênus e Júpiter são dois planetas que, classicamente, carregam a qualidade de benéficos, mas é necessário estar atento aos benefícios, olhar o que já vem se desenvolvendo bem, se colocar em movimento para que os bons resultados cheguem.

Esse encontro em uma casa 2, por exemplo, pode movimentar a área financeira, tanto em produção, como em gastos, na casa 7 pode abrir espaço para boas parcerias como entrar em uma onda de fantasia, por isso a importância da organização e de entender quais os demais trânsitos estarão em conexão com seu mapa para que você possa surfar essa onda em Peixes de maneira mais consciente. De qualquer forma, a chegada de Vênus em Peixes, é um respiro, abrindo espaço para os prazeres, contemplação, artes e sensibilidade.

Afinal, onde o amor se exalta, existe o sopro da esperança.

Que não nos falte nem um e nem o outro. 🌊✨🌬


Bruna Barella