HÁ MAIS COISAS ENTRE O CÉU E A TERRA

QUINTA-FEIRA, 19 DE AGOSTO DE



A Lua segue em Capricórnio

Capricórnio é um signo realista.

Ele é regido por Saturno, e carrega essa qualidade de seriedade, compromisso e em alguns momentos frieza.

Na madrugada de ontem para hoje, a Lua encontrou Marte, Mercúrio e Urano, todos em signo de Terra.




O dinamismo, a genialidade e a capacidade de entendimento vem de uma ordem prática.

Logo que comecei a estudar Astrologia, meu professor falava muito isso: -“Ler é fundamental, estudar é algo eterno na Astrologia, mas você só conseguirá juntar essas peças colocando todo esse conhecimento em prática.”

Portanto amados, aproveitem para pelo menos esboçar no papel, toda essa criatividade que vem borbulhando, façam testes na vida cotidiana, execute aquela pequena mudança ou alteração, o movimento gera o fluxo.

Mercúrio que está na jogada, atualmente se encontra em uma ótima posição. Melhor se desenrola quem sabe usar a fala.

Por falar em desenrolar, hoje também temos o encontro exato de Sol e Júpiter. Aconselho a permanecerem de olho nos excessos e terem cuidado com a arrogância. Não há mente lógica que resista a um ego exaltado, esse excesso de luz também cega.

Humildade, há mais coisas entre o céu e a Terra, somos um ponto, uma partícula fazendo parte de algo gigante.

Saia do centro e a clareza surge!

Além dos movimentos dos luminares, Sol e Lua, temos Urano iniciando sua retrogradação.

Urano é um planeta que chamamos na Astrologia de Transpessoal, junto a Netuno e Plutão, não é visível a olho nu, e essa turma representa o coletivo, a geração...

A órbita de Urano é de 84 anos, onde ele permanece em média 7 anos em cada signo, quando esse planeta forma aspecto com algum outro astros, é quando sentimos seu balanço, que vem de maneira repentina, nos envolvendo em grandes mudanças e necessidade de libertação.

Urano rege a tecnologia, os avanços e inovações, quebra estruturas antigas, se rebela ao que o prende.

Com sua retrogradação, perceberemos esses assuntos ganhando um olhar de revisão, e acho necessário. Todo esse movimento tecnológico que estamos vivendo, como trabalhos remotos, redes sociais e etc, vieram como uma avalanche para nossas vidas, passaram as barreiras dos nossos lares e talvez com essa retrogradação, possamos rever esses temas, reajustar e aperfeiçoar o que for necessário.


Dia movimentado amados, mas como muitas possibilidades e doses de energia.

Aproveitem, mas com os pés no chão.


Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz