LUA CHEIA EM CÂNCER

SEGUNDA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2022

Chegamos na fase de culminação da lunação.

Hoje temos a Lua ingressando em sua fase cheia no cardinal e primeiro signo de água, Câncer.


O grande lance desse céu é a presença marcante de Plutão, que ontem encontrou nosso astro rei e hoje encontra nosso astro das emoções.

Sol e Lua em contato com Plutão em uma Lua Cheia.

Uma lua de transbordamento e claridade, de movimentos silenciosos e de cartas na mesa.

Ainda temos a presença de Netuno, que por trígono, abre a manhã apontando que o silêncio é poder e que reza cura a alma.

A Lua fica cheia em seu domicílio, oscilando, flutuando, sendo ela, agarrada aos poderes de refazimento seja na alegria ou na dor.

Não estranhe se o choro surgir, procure estar ao lado de quem sente afinidade e segurança, o processo dessa configuração no céu é um desenrolar de situações passadas, guardadas em memórias e que fazem parte de nós, afinal somos passado, presente e futuro, não existe abrir mão de um ou de outro.

Passado e presente, o que expomos e o que realmente sentimos, trabalho e lar, são temas que rondam os próximos dias, mas uma coisa é certa, feridas mal cicatrizadas sempre impedem o caminhar, e se existe algo aberto por aí, pode ser um bom momento de curar, deixar para lá e finalizar. Pode ser estranho pensar em ponto finais para signos cardinais, mas pontos podem ser começos, tudo depende da perspectiva.

Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz