LUA CHEIA EM GÊMEOS É VÊNUS RETRÓGRADA

DOMINGO, 19 DE DEZEMBRO

Na claridade da Lua em Gêmeos a luz ganha potência.

Gêmeos como o primeiro signo de ar, nos envolve em movimento e possibilidade de perceber as coisas com uma outra perspectiva.

Os porquês geminianos não ressoam somente ao externo, mas também para nós mesmos.

E sem os porquês, viveríamos sem evolução.

Júpiter, o grande benéfico, está entrelaçado com o Sol e a Lua, sinalizando a importância da autoconfiança e esperança.

Percebo um céu de muito conhecimento, estudos e evolução.

Meu avô sempre me falava, “conhecimento é algo que ninguém pode tirar de você”, não pude saber seu mapa devido a falta de horário, mas era um puro pisciano.


Junto com toda essa configuração, Vênus inicia seu processo de revisão (retrogradação) no frio e seco Capricórnio. Vênus que concilia opostos, que representa os prazeres, o amor, as relações femininas e valores, ao entrar nesse processo nos convida a refletir sobre esses temas, mas de maneira prática.

Vênus é muito associada ao amor, mas precisamos ressaltar os desejos, prazeres e como estamos lidando com isso. Existem coisas que são inegociáveis, e precisamos olhar para esses desejos que muitas vezes ficam ali, em segundo, terceiro e quarto plano, por simplesmente não querermos desfazer elos que talvez já estejam desgastados, não podemos esquecer que Plutão está em uma aliança com a nossa pequena benéfica, e se tem uma coisa que Plutão entende é das nossas profundezas, que mal são acessadas e expressadas.

Quanto mais desconectados com nossos valores e desejos, mais volúveis e manipulados podemos ser.

Capricórnio impõe limites, cria bordas e com essa retrogradação, podemos reavaliar quais valores deixamos esvair com o tempo, pelo simples medo de dizer não!

Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz