MANTENDO A CONSTÂNCIA

SEXTA-FEIRA, 21 DE MAIO DE 2021


Depois de dias mais leves, temos uma sexta que merece mais atenção e cautela. A manhã começa com aspecto tenso de Lua e Mercúrio, sair mais cedo para algum compromisso é algo que deve ser levado em consideração, assim como saber ponderar as palavras, a comunicação não estará a mais fluente, e com mercúrio em Gêmeos, as informações são tantas, mas a conexão com o que sentimos parece estar lenta, é um tanto quanto confusa, visto que a Lua também se desafia com Netuno. É um caminhar em uma estrada ou rua sem iluminação, com muita névoa, os passos hoje devem ser curtos, podemos nos envolver demais com as situações que não são nossas e a sensibilidade fica mais aflorada. Evite lugares que normalmente os deixem mais vulneráveis ou com a energia baixa, entrem em contato com boas músicas, cuide do campo energético e evite, por hoje, notícias pesadas e grandes discussões.



O Sol, astro que corresponde a nossa essência e consciência, também não está nos melhores dias. O diálogo desarmônico com Júpiter, que está em Peixes, pode nos levar ao encontros dos excessos, seja o excesso de confiança ou excesso de otimismo, em situações que merecem atenção. Não prometa coisas que não poderá cumprir, faça o necessário para o dia e exerça a humildade e senso de realidade perante aos fatos!


O ponto de luz, mesmo que seja uma luz plutoniana, rsrsrs, é o bom aspecto de Lua e Plutão, que faz termos maior e melhor conexão com assuntos ocultos e emoções que estão no nosso mundo submerso nos trazendo um forte poder de regeneração.


De qualquer maneira, em um dia como o de hoje, o melhor é fazer menos e o necessário.


No final da noite, a Lua ingressará em Libra, trazendo para os próximos dois dias e meio mais equilíbrio para as emoções, senso de valor, fluência nos afetos e nas relações.

Hoje é sexta, dia em que normalmente queremos extravasar ou já estamos estafados devido a grande quantidade de movimentações e trabalho da semana. Mas o movimento de interiorização será de melhor proveito.


Respeitar o silêncio é sabedoria.

Entender os limites é maturidade.

Manter a constância é mais importante que aumentar a velocidade.


Tenham prudência.


Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schütz