NAVEGANDO POR MARES DESCONHECIDOS

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2022


O dia começa com um tom mais desafiador, o que aponta atenção para reuniões com chefes e autoridades, além da necessidade em ter controle sobre tudo. Conteúdos ocultos, que estão imersos na psique podem vir a tona, além de estarmos muito conectados com temas do coletivo.


Ao longo do dia, a fluência ganha espaço, a Lua ingressa em Touro, signo que dá a ela conforto e estabilidade, para em seguida se unir a Júpiter, onde nós percebemos mais expansivos e o conhecimento vem como algo que nutre e conforta.

Existe uma fluência para assuntos e temas religiosos e filosóficos, então vale aproveitar para uma breve leitura sobre os temas, ouvir um podcast no caminho do trabalho, escolhendo se conectar com conteúdos que os elevem de alguma maneira.

É possível que os alimentos estejam mais saborosos e podemos perder a mão na quantidade, então, atenção com os desconfortos estomacais.

O período da noite vem como muita intuição, percepção de coisas não ditas e conexão com tudo que é simbólico. Existe uma forte energia de compaixão e auxílio ao próximo, mais que favorável para o atual momento, inclusive.

O encontro exato de Sol e Netuno, nos dá a possibilidade de se colocar no lugar do outro, na verdade, é um entendimento que também somos um pouco do outro e vice versa. Fica difícil fechar os olhos para o sofrimento alheio, porque estamos muito sensíveis, e isso deve ser trabalhado para que de alguma forma possamos nos unir em algo que traga mais conforto para quem está em situações mais desafiadoras. Nem que seja por meio de preces.

Netuno é um planeta que nos envolve em um entendimento além do corpo, não adianta você tentar buscar explicações palpáveis para ele, eu sempre digo que o contato com esse planeta é como o mar tocando areia, não sabemos ao certo qual o limite, onde começa e onde termina.

Uma outra maneira de vibrar e se conectar com a energia de Netuno, é o escapismo e negação. É caminhar para o abismo sorrindo, achando que a queda não irá machucar, e essa energia é muito nítida nesse nosso começo de ano, intensificado pela atenção entre Marte e Netuno que acontece amanhã. Como diz a astróloga Anna Costa Ribeiro - “o mundo material está cheio de ilusões e a consciência de cada um permite ver a ilusão conforme o desejo pessoal.”

Então que saibamos ancorar e direcionar tais energias para coisas criativas, para as artes, para a meditação, para o auxílio com nossos irmãos, para o silêncio regenerador, para a contemplação e conexão com sonhos. Sonhar é importante, porque funciona como combustível da matéria, só não devemos esquecer do outro polo, que aponta a funcionalidade, o aperfeiçoamento e o chão da realidade.

É importante ter cautela com atividades que envolvam água, e com as escolhas em relação aos impulsos tomados, muita coisa não perceptível acontece com aspectos assim, e só nos damos conta depois do estrago.

Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz