O ENCANTAMENTO

DOMINGO, 14 DE MARÇO DE 2021




Se ontem a Lua se banhou em Peixes e dançou ao lado de Netuno, hoje é a vez de Vênus, a Deusa do amor, encontrar o Deus dos mares.

E aqui, os amores são pintados de cores que irradiam e as artes ganham um toque pra lá de especial. Dia maravilhoso para o contato com as pinturas, a dança e o lúdico.

Damos asas aos personagens, liberamos a poesia que habita em nós!


Esse encontro nos deixa mais “apaixonados”, encantados, sensíveis ao toque, aos sabores, ao que ouvimos e ao que vemos.

A atenção fica para as miragens, com as fantasias que criamos para caber em algo ou alguém caber em nossas vidas, assim como com a busca de prazeres fugazes para não entrar em contato com a realidade.

É o canto da sereia que envolve, seduz e conforta. Tudo que um espírito carente deseja. Os pés no chão não servem somente para tomadas de decisão de carreira ou dinheiro, mas principalmente nas escolhas de quem vai estar ao nosso lado para tecer a história da vida. Estejam atentos.


A conjunção tende a oferecer duas frequências, portanto aproveite o dia para usar o melhor desse encontro!

Escreva histórias, dance na sala, pinte ou atue, assista um filme de fantasia... use a criatividade para desembaraçar os nós da vida!



Após o ingresso da Lua em sua fase nova no signo de Peixes, a Lua mudou sua energia e foi de encontro da energia ariana. Mudando sua frequência mais de percepção e sensibilidade, para ação e movimentação. Áries é signo de elemento fogo, cardinal e polaridade Yang. Podemos nos sentir mais ativos e mais dinâmicos. E esse dinamismo se reforça com o encontro da Lua com Marte, que está em Gêmeos. Dia de trocar ideias, de se envolver com ações que envolvam conhecimento, de trazer um fluido dinamismo para o lar e para as emoções.

Tudo isso contando com a firmeza e seriedade de Saturno, que traz o toque de realidade para as sementes que estamos plantando nessa nova fase da Lua.


Aproveitem o dia de maneira responsável, abrindo maneiras de poder usar dessas qualidades dentro do seu lar.


Leitura feita por Guilherme Schultz e Bruna Fernandes