O OLHAR CONTINUA FOCADO PARA DENTRO

TERÇA-FEIRA, 25 DE MAIO


Um céu da manhã se apresenta com encontro fluido dos planetas que estão no signo de água.


A água contorna obstáculos, permeia entre sólida, gasosa e líquida, e quando necessário, sua força causa erosões em pedras.



A natureza nos ensina em todos os seus estados e elementos.

Mas normalmente não temos muito tempo ou paciência para refletir sobre isso, não é mesmo?


Em um dia que antecede Lua Cheia, onde normalmente, os nervos ficam mais a flor da pele, e os transbordamentos de emoções são presentes, o céu aponta para a contemplação, para a proteção e força no contorno dos obstáculos.


Sem atritos e sem muitas discussões.

Cada um transborda aquilo que mais tem dentro de si. Para chegar no auge dessa lunação, é importante desapegar de algumas coisas, entender aquilo não podemos modificar no outro e contornar.




Transformando o que está dentro, exalamos a transformação que queremos fora, e se o que está fora não muda, simplesmente passamos por isso, e seguimos o caminho, assim como a água. A Sabedoria não está na força que temos, mas na maneira que a utilizamos.


No final do dia a Lua encontra Plutão, nos auxiliando em saídas e entendimento do que está oculto.


O olhar continua focado para dentro. 🦂

É onde não há luz que se vê melhor as estrelas.

Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz