REVIRAVOLTAS NA DANÇA CELESTE

SEXTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2021




Chegamos ao último dia de Abril, e ontem tivemos o encontro da mente e da emoção com Netuno.

Se por um lado nossa mente se guia pela intuição, por outro lado, nossa emoção pode se confundir.

Quando Lua se encontra com Netuno em uma conversa desarmônica, podemos nos perceber mais distraídos, podendo nos enganar com alguma pessoa ou situação, e caminhos que nos conduzem ao escapismo.

Comece a manhã, com um banho, entre em contato com a água, acenda um incenso, e mantenha o foco com seus compromissos da manhã.

Permita se conectar com assuntos que não confundam sua energia, para que você não se perca na fumaça que Netuno pode apresentar.


Seguindo o passo nos encontros matutinos, a Lua sagitariana, encontra Júpiter, o grande benéfico, planeta regente e Sagitário, reforçando o otimismo tão esperado para uma sexta-feira, recordações de momentos felizes podem nos inundar de boas sensações. Júpiter nos apresenta o sentimento de fé em dias melhores. Como se fosse a mão divina nos guiando e dando suporte.


Nesse ritmo ela segue para seu ingresso no signo de Capricórnio, onde o tom das emoções mudam de configuração. Capricórnio conecta a Lua com a realidade, frio e seco. Trazendo de uma maneira mais compreensível, podemos e devemos ser otimistas, seguir rumo as metas com a confiança de que tudo dará certo, mas cabe a nós fazer com que as coisas fluam. Com o trabalho, com a seriedade e comprometimento que esse signo representa. Nada cai do céu amores, a "sorte", precisa nos encontrar com a mão na massa.


No final do dia, a Lua encontra Marte em tensão, e momento de impaciência e irritabilidade podem desequilibrar a noite. Lembre-se de como começaram o dia, e procurem manter essa conexão.

Evite bebidas quentes e comidas apimentadas, e procurem se movimentar para que essa energia não seja tão avassaladora.

Para o período da noite, evite conversas e atritos, procure tratar de assunto que os incomodam um outro dia.


Além de todo o caminhar da Lua, temos nosso astro rei, Sol, encontrando o elétrico e inventivo Urano em exatidão.

Surpresas, reviravoltas e alta eletricidade podem se apresentar. A mente se apresenta mais inventiva, aberta a novas ideias, com sede de inovação, magnetismo e liberdade.

Urano dia ao Sol para enxergar além.

Sejam flexíveis, porque situações certas podem mudar de rumo inesperadamente.


Não esqueçam que enquanto Sol da as mãos para Urano, ambos são desafiados pelo senhor do Karma e do tempo, Saturno.

Velhos hábitos, leis, processos e valores ainda relutam sobre a necessidade de atualizações.

Com o Sol em Touro, podemos perceber esses movimentos no trabalho, nos valores, nas finanças e nas relações.

Um dilema do que éramos com o que podemos ser. O medo do novo e a responsabilidade pelas escolhas.


É um olhar critico em relação as nossas responsabilidades e como estamos conduzindo os processos de inovação, o quanto estamos aberto e flexíveis ao que nos é proposto.

Como diz a música do Lulu Santos, "nada do que foi será, de novo do jeito que já foi um dia."

Dias que Urano está presente, é necessário ter paciência, diminuir o contato com eletrônicos, para que a mente não se agite tanto, o sistema nervoso pode se mostrar mais sensível e momentos de ansiedade podem se apresentar., chás de ervas calmantes no final do dia podem auxiliar.


Urano representa o inevitável e o movimento libertador, cabe a nós sabermos como dançar essa música celeste, entendendo que esse dilema entre o que já foi e o que será, depende dos caminhos que vamos escolher. A mudança já existe e é real, basta saber o quanto sustentamos e lidamos com isso.


Leitura feita por Guilherme Schultz e Bruna Barella.