VOCÊ SABE FAZER PAUSAS?

SÁBADO, 31 DE JULHO DE 2021


Começamos o sábado com a Lua ainda na qualidade taurina.

Logo no primeiro horário, o aspecto desafiador com Mercúrio, pode trazer dificuldades na comunicação e interpretação do que ouvimos e falamos.

Procure ser claro na fala, garantindo o entendimento de quem está recebendo a mensagem, além de organizar a agenda de uma maneira que os imprevistos na locomoção não gere atrasos ou estresse.



Logo em seguida, temos o desentendimento de Lua e Sol, que no astrologuês chamamos de quadratura, onde é marcado a fase minguante.

Existe um descompasso entre o que queremos e o que sentimos, razão e emoção estão desalinhados.

Contando que ainda temos Saturno, marcando presença no dia, a sugestão é realmente já entrarmos no fluxo de minguação, reduzindo o ritmo, não tentar abraçar o mundo e fazer mais do que damos conta.

Saturno é rígido e limita os movimentos, uma boa dica é começar o dia com um bom alongamento.

Não se cobre tanto!


O ritmo desafiador do dia, ganha toques de rebeldia, agitação e um provável nervosismo, graças ao encontro de Lua com Urano. Entenda que cada um possui um ritmo, e esteja preparado para algumas surpresas que não estavam no planejamento.


Como temos Vênus dando o tom de suavidade no dia, aproveite para se envolver no encontro com o outro de forma doce.

Seja afetuoso nos gestos e palavras, usando a boa e velha diplomacia.

Para entrar em sintonia com essa qualidade, deixe o ambiente organizado e limpo, utilize um óleo essencial da sua preferência, prepare algo que goste de comer, se arrume, entre em contato com seus 5 sentidos.

A desordem de fora, reflete a desordem de dentro, quanto mais leve o ambientes, mais nos conectamos com a leveza veneziana que está em Virgem, lembram?



LUA MINGUANTE

A fase minguante da Lua, irá colorir os próximos 7 dias, e vale sempre lembrar que esse período pede por menos agitação e maior conexão com seu interior.

Diminuir o ritmo, dar maior espaço nos compromissos da agenda, procurar dormir melhor, se alimentar de maneira mais leve e desapegar não somente de sentimentos, como de coisas, são movimentos que caem super bem nessa fase.

Aproveite para finalizar pendências e reavaliar hábitos que não estejam te fazendo bem.

Não devemos ficar preso ao passado, esse é apenas um convite de olhar para trás, agradecer o que deu certo e se despedir educadamente do que não fluiu.

Lembrete amigável: não somos máquinas. Quando alinhados com o Universo, do qual fazemos parte, entendemos os ciclos e aprendemos a respeitá-los. Seja gentil com seu corpo e mente.

Até porque, mente cheia, não absorve novas idéias.


Leitura feita por Bruna Barella e Guilherme Schultz